Tags

, , , , , ,


Não, eu ainda não estou conformada que meu leite acabou e eu não posso mais amamentar minha Mabi. Cada mamadeirinha dada é um aperto no meu pobre coração. Uma vez ouvi alguém dizer que o desmame dói mais na mãe do que no bebê. Está aí uma grande verdade em potencial. A ligação que existe entre mãe e filho na amamentação é muito grande. No meu caso, ainda que estivesse sendo pesado ficar com a pequenina ali por uma hora no peito a cada duas horas e meia, agora eu morro de saudade. Não ajuda o fato de que, com a fórmula, Mabi está fazendo menos cocô, soltando mais punzinho, consequentemente tem mais cólica e vira e mexe faz careta para seu leitinho novo.

Enfim, vamos parar de drama e encarar a vida como ela é. Mabi toma mamadeira, é uma bebê feliz e logo logo se acostuma com a mudança. E a mamãe aqui também. Enquanto isso, estamos na luta para encontrar uma mamadeira perfeita. Parece simples, mas a coisa é complexa, minha gente.

Vou fazer um post sobre as mamadeiras que eu estou testando e qual recomendo. Mas em minhas andanças pela internet encontrei esta mamadeira que imita o bico do seio da mãe. Quem inventou este feito foi uma empresa americana chamada Mimijumi. Tudo bem, claro que esta mamadeira nem de longe substitui o peito materno… Por isso nem me senti tentada a comprá-la. Mas até que é bonitinha, né?

Para quem assim como eu está em busca de uma mamadeirinha mais reconfortante para seu bebê e for passear pelos EUA, fica a dica. E quem não for passear pelos EUA e quer tentar a Mimijumi, pode se aventurar pela Amazon.com.

Beijo!

Sofia